As Rimas do meu versejar são veredas por onde vagueia a esmo a poesia, sem rumo, sem norte, cujo azimute é apenas um mote! (Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Fotos
Álbuns > Pensamentos Emoldurados
Neste Album eu guardo vários dos meus pensamentos já emoldurados muitos dos quais são os pilares do meu conhecimento literário para recordar no futuro. O livro homônimo contém aproximadas 1200 molduras com pensamentos de outros autores lá identificados.
O 25 de Abril é para mim
o 25 de Abril em Caravelas
o 25 de abril foi um parto natural
O acordo ortográfico
O Acordo Ortográfico é uma MERDA
O Escritor
O Falso amigo
O homem honrado nunca jura
o marques
o pão
O pensamento é branco
o povo está cego
o povo esta cego surdo e mudo
O preço a pagar
O problema não é prender
O sucesso é
O tempo é ouro
O xuxialismo só existe
obediencia
os OVNIS
os politicos são como

Página 9 de 10 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [«anterior] [próxima»]