A índole de cada um de nós (BOA OU MÁ) já vem no sangue. O ambiente onde se vive, é a moldura que os homens lhe fazem ao longo do tempo! (Silvino Potêncio)
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante! (Silvino Potênci
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos
Título Categoria Data Leituras
... Inimigos!... Quem os não tem?! Poesias > Reflexão 08/11/17 23
Ali na Beira do Cais Poesias > Recordações 25/08/17 12
As Rimas do meu versejar Poesias 01/08/17 8
POEMAS DE ANGOLA Poesias > Recordações 31/07/17 21
Quadras soltas ao vento! Poesias > Quadra 18/05/17 54
Página 023 - Meus Dias!... Poesias > Saudade 27/02/17 58
O Fado da Escumalha... Poesias > Glosa 22/02/17 129
Fomos Cantar as Janeiras... Poesias > Regionais 06/01/17 44
Página 053 - Eu vi um Raiar do Astro Rei... Poesias > Pensamentos 27/12/16 26
Memórias de um RETORNADO Poesias > Social 26/12/16 223
Eu fui conversar com o Poeta em Pessoa!... Poesias > Recordações 29/10/16 27
Lembranças do Poeta Zé Saldanha... Poesias > Recordações 17/10/16 26
A Glória de um Traidor!... Poesias > Patrióticas 05/10/16 116
Uma Visita do Escambau!... Edição IV Poesias > Humor 01/09/16 33
Café de Angola... Poesias > Recordações 25/05/16 76
Toda a dor de um Emigrante... Poesias > Saudade 03/04/16 615
Vendo-a sorrir (A Minha filha) Poesias > Amor 18/02/16 27
O Carnaval da Minha Terra Poesias > Recordações 22/01/16 43
Quadras ao Vale do Rio Tua Poesias > Natureza 08/12/15 39
Página 016 - Poema de Abertura... Quem eu sou Poesias > Dedicatórias 27/11/15 61
Página 1 de 6 1 2 3 4 5 6 [próxima»]