A cultura de um POVO não pode, não deve NUNCA! se submeter a ideologias politicas ou partidárias!pois que inspiração ou intelecto criativo não se compra nem se se vende, é como o amor, já vem do berço! (Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos
Título Categoria Data Leituras
As cores do nosso Sentir?... Poesias > Surrealistas 14/05/12 166
O Tempo É Breve Poesias > Surrealistas 02/11/10 111
De Que Cor Será Sentir?!... Poesias > Surrealistas 11/09/10 131
Medo Perdido!... Poesias > Surrealistas 10/09/10 73