A eternidade de cada texto ou até um livro, é a sequente futura ação do escritor que abriu o cenário com apenas uma letra. (Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos
Título Categoria Data Leituras
ME FALHA O SONO... Poetrix > Triplix 13/12/12 59
Lembranças do Algarve... Poesias > Recordações 04/12/12 224
Relembrando!... Poesias > Recordações 01/12/12 159
AL MAMINHA... Gramática e Ortografia 05/11/12 116
O FADO DA DESGRAÇADINHA... Poesias > Social 27/10/12 2904
PORTUGAL JÁ ESTÁ ARDER... Artigos > Política 16/10/12 155
CINCO QUADRAS Poesias > Saudade 04/10/12 40
Uma Ode à Sátira Poetrix > Triplix 21/09/12 54
ALI NA BEIRA DA PRAIA Poesias > Natureza 20/09/12 74
Meu Grito!... Poesias > Amor 10/09/12 40
COMIDAS DE TRAS OS MONTES Poesias > Regionais 03/09/12 165
O Ti Zé Será Mago!... Artigos 24/08/12 47
Marilia do Céu - Poetisa Mirandelense Homenagens 19/08/12 109
Vamos Mudar as Moscas Crônicas 13/08/12 117
A (re) Volta da Nau Catrineta Artigos > Política 09/07/12 110
A Festa de Santo Ambrósio!... Homenagens 05/07/12 597
A LADEIRA DO CANSA BURROS!... Cartas 30/06/12 83
A MINHA MÃE QUE DEUS TEM (VERSÃO EM MIRANDÊS) ... Poesias > Amor 26/06/12 205
MAIS UM BRAVO QUE SE VAI!... Homenagens 23/06/12 200
UM SONETO A SANTO ANTÓNIO Sonetos 15/06/12 62
Página 11 de 21 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]