A eternidade de cada texto ou até um livro, é a sequente futura ação do escritor que abriu o cenário com apenas uma letra. (Silvino Potêncio)
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos
Título Categoria Data Leituras
Da Ladeira do Cansa Burros até à Burga... Crônicas 04/08/14 197
A Língua de todos nós!... (uma versão em Mirandês) Poesias > Tradicionalista 13/06/14 93
O DIA DE SÃO MARTINHO!... Crônicas 06/06/14 52
OS ÚLTIMOS HERÓIS DO IMPÉRIO!... Cartas 01/06/14 83
FALECEU PERY LAMARTINE!... Homenagens 17/05/14 42
Até que Deus e o Fado nos junte Algum dia! Prosa Poética 30/04/14 29
EU JÁ ADIVINHO!... Poesias > Recordações 28/04/14 77
Cantigas de Mal-Dizer (1) Poesias > Social 19/04/14 73
OS GAMBUZINOS na "Emigração"! Crônicas 19/04/14 24
A Lenda da Flor Das Estevas Contos 20/03/14 505
Página 047 - ASAS BRANCAS!... Poesias > Desilusão 08/03/14 314
A la Mie Mai que Dius ten... Poesias > Família 05/03/14 189
A Educação Luz & Tana... Crônicas 19/02/14 57
Mãos!... Poesias > Pensamentos 07/02/14 112
A CACOFONIA E O CACOFATO ... Teoria Literária 31/01/14 218
Lembranças do Rio Tua Poesias > Saudade 27/01/14 105
Por Terras Altas Transmontanas Artigos > Literatura 17/01/14 131
Sonetos Bocagianos (I) Sonetos 15/01/14 30
O Canto dos "Pintos!... Crônicas 03/01/14 43
QUADRAS NATALINAS Poesias > Quadra 23/12/13 34
Página 8 de 21 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]