Se recordar é viver, então recordemos! --- Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores tristes de um passado já distante!
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos


NOSSA GRATIDÃO A ROMÃO FÉLIX ( PARAFUSO)

De: Silvino Potêncio, Transcrevemos aqui estes versos como forma de expressarmos  a Nossa Gratidão a Romão Félix ( Parafuso) Retornado de Moçambique.
(a música de fundo original deste poema está no nosso Blog)
 
tu és o emigrante, e eu sou o retornado!...
tu tens tua sina, e eu tem minha fado.
- podemos trocar o teu com o minha!...

ficamos na mesma, ou pior ainda!...
vivemos os dois na mesma pobreza!!!
- tudo nos tiraram e nada nos deram.
tu tens a saudade de um pais ausente!!!...
eu sinto chorar África cá dentro...

Amigo escutaaaa!!!...tu hás de vortaaaaar...
no tua palhota... tu irás moraaaaar.
mas... aheu já não podes co meu Josefina no minha vortaaaar!...
tu és o emigrante, e eu sou o retornado!...

Amigo... Amigo... irmão!...
encosta-te a mim..
Me dá tua mão...
- Ah Eu sou Parafuso... tu talvez Jooão!...
vamos caminhando amigo irmão...
O minha alegria, o tua também!...
São os nossos filhos poderem gritaaaar
- o meu pai EMIGRANTE e o teu RETORNADO...
- fizeram o mundo, os dois lado a lado!...

Amigo escutaaaa!!!!!!!...
tu hás de vortaaaaar no tua palhota...
tu irás moraaaaar.

mas... aheu já não podes, co meu Josefina no minha vortar...
tu és o emigrante, e eu sou o retornado!...
tu és o emigrante, e eu sou o retornado!...

Autor: Jornalista Romão Félix (Parafuso)

OBRIGADO!

Por gentil cedência do Grupo AMIGOS DO CAFE ZAMBEZE DE MOÇAMBIQUE: Video colocado na nossa pagina www.silvinopotencio.net com a devida vênia ao Amigo Romão Félix.
 
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 20/01/2011
Alterado em 22/10/2015
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários