O tempo é ouro!... e por isso eu agradeço a todos, Amigos e Leitores, por dividirem o vosso aqui comigo. E acrescento um pensamento do meu Livro - O ouro é como o amor; mata quem o guarda e vivifica quem o dá. (Gibran Khalil Gibran)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos


PORTUGAL PAROU?... PAROU PORQUÊ?
De: Silvino Potencio
Em revista a alguns dos meus escritos antigos, eu encontrei este, já publicado na minha página em 02 de Novembro 2011 porém a crônica original em forma de acróstico à letra "P" de Portugal eu já elaborei ela muitos meses atrás ... talvez anos e alguém notou alguma diferença na situação actual?
Hoje acrescento apenas mais alguns "PÊs" EXCLUSIVAMENTE PARA PALRAR POLITICAMENTE POR PORTUGAL...  

Por Potêncio;

POR PORTUGAL... PEDRO PASSOS PROMOVEU PRIORIDADES PARA PROSTERGAR PLANO PROVISÓRIO PARA PROVER POSSIVEIS POLPUDAS PROPOSTAS PLURIANUAIS PARA PROVENTOS PAGOS PARA POSTOS PUBLICOS PORÉM PARTICULARMENTE PASSIVEIS PARA PRIVADAS POUPANçAS POLITICAS.
POR PORTUGAL... PORTANTO, PROPOS POSSIVEIS PLANOS PLENAMENTE PONDERADOS PELO PSD PREMONITORIAMENTE PEDRO PASSOS, PENSOU PROVISORIAMENTE, PODER PROVER PUBLICAMENTE PORTUGUESES POUCO PREVENIDOS, PARA POSSIVEIS PERDAS POPULARES PELA PROVOCAçãO POSTA PELO PARTIDO POSTADO PARA PROXIMOS PLANOS PARA PROMOVER POBREZA PARA PORTUGUESES POSTERGADOS PROVÁVELMENTE POR PROVIDENCIAIS PUBLICAçõES PREVISTAS PELO PARTIDO POSICIONADO POR PREMONITÓRIAS PROPOSTAS... PROVÁVELMENTE POR PROMISSÓRIAS PROMESSAS PARA PROVER PLENA PARTICIPAçãO POPULAR PARA PORTUGAL PROGRESSISTA.
--- POR PORTUGAL... PROPOS PEDRO PASSOS POUCAS PALAVRAS PORÉM POTENCIALMENTE POSITIVAS PARA PROVIDENCIAR POSTERIORES POSTOS PRODUTIVOS PARA POSICIONAR PORTUGAL PERMANECENTE PELO POVO, PELO PAIS, PELA POPULAçãO PROSTRADA PENDENTE PELA POBREZA POPULAR PROGRESSIVAMENTE. --- PODEM POIS PORTUGUESES PENSAR PREVIAMENTE POR PERIODOS PROLONGADOS PURAMENTE PELO PODER PUBLICO PARCIMONIOSO PRÓDIGAMENTE PARTIDO PELOS PODEROSOS POLITICOS POTENCIAIS PATRIMONIOS PUBLICOS POLVILHADOS PELA PLEBE PARA PROTEGEREM PARENTES PROXIMOS... POR PORTUGAL PODEMOS PENSAR PODER PARTIR, PARTIR, PARTIR... PARA PARAGENS PLANISFERICAS... PARA PAISES, PARA PLANETAS PLUTONICOS, PORQUE PORTUGAL PAROU PARA PENSAR!
--- PRESIDENTES PARARAM PARA PARLAPIAR, PARA PALRAR, PARA PARLAMENTAR, PARA PROFERIR PROPOSTAS PATÉTICAS...
PORTUGAL PAROU PARA PEDIR!!!,... PARA PARIR POTENCIAIS PROPOSTAS PRÁTICAS PARA PARTOS PROGRAMADOS PARA PROGRAMAS PECULATORIAMENTE PRISIONAVEIS PERANTE PROMOTORIAS PUBLICAS POPULARES PORTUGUESAS... POR PORTUGAL PAROU PEDRO PASSOS... POR PORTUGAL PAROU PRESIDENTE, PAROU PARLAMENTO, PAROU PATRIA, PAROU
PAÍS... PAROU PORQUê... porque parou???
Parei Para Pensar ...Para Postar Poetar Potêncio!
PRESENTEMENTE PORTUGAL PAROU PORQUE PARLAMENTO PARLA, PARLA... POREM PROVÊ POUCO, PRODUZ POUCO, PREVÊ POUCO, PROVIDENCIA PARTICIPAÇÃO POLITICA PROFICUAMENTE PARCA, POREM POUCA PARTICIPAÇÃO POPULAR PARA PREVIDENCIA PRIVADA, PUBLICA, PARCIMONIOSAMENTE PROVIDA PARA PESSOAS PREVILEGIADAS PELA POLITICA PATRIMONIAL POSTERIOR PARA PREVENIR POSSIVEIS PENAS PELOS PROFETAS PALADINOS PALRADORES PELO POVO PARCAMENTE PROVIDO PELO PORTUGAL PRODIGO PREVISTO PELOS PREVIOS POLITICOS PORÉM POBRES PREPOSTOS PELO PAÍS PANERIGIO PROTELADO PELOS PARCEIROS PERIFERICOS PANEUROPEUS PLENIPOTENCIARIOS PELO PROGRESSO POPULACIONAL POPULAR... POSTO POIS PODEMOS PREVER PREVARICAÇÕES POSTERIORES PUBLICAMENTE PLEITEADAS POR POLITICOS POSTERGADOS PELO PODER PLANETÁRIO PLENAMENTE POSTADOS. POSTERGADOS PELO PAI PODEROSO PLENAMENTE PEREMPTORIAMENTE PELO POBRE PAÍS PODRE PARA PENDER PELO PEDINTE PODER PEDICHENTE PECHINCHADO... PEDIR PENITENCIA POLITICA PARA PROSTITUTOS POLITICOS PARTICIPATIVOS PARECE PATETICO PARA PORTUGUESES PRESENTEMENTE!!!...

Publicação original no meu Blog - http://osnizcaros.blog.pt
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 30/03/2011
Alterado em 18/03/2014
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários