O tempo é ouro!... e por isso eu agradeço a todos, Amigos e Leitores, por dividirem o vosso aqui comigo. E acrescento um pensamento do meu Livro - O ouro é como o amor; mata quem o guarda e vivifica quem o dá. (Gibran Khalil Gibran)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos


"As minhas cu adras juninas"!...
 
             Noite de São João no Porto - Norte de Portugal


O Mês de Junho chegou e com ele as Festas Juninas, a verdadeira herança da cultura Popular Lusitana, que no Brasil se comemora em todo o País, mas mais na Região Nordeste através do seu folclore e tradições seculares.  
Por norma eu costumo lhe dedicar algumas trovas da minha autoria lembradas algumas do cancioneiro popular que eu escrevo conforme se falam:
 
 
"As Minhas cu adras juninas"!...
 
- O São João p'ra ver as moças,
Foi-se pôr ó pé da fonte.
Uma, quebrou-lhe a bilha nas costas,
E depois fugiu p'ro monte!
 
São Pedro foi a lá buscar,
E passou-lhe um bom "raspanete"
Vai p'ró rio, vai-te lavar,
Esfrega tudo com sabonete!
 
Santo António se aproximou,
Ao ouvir a gritaria;  
--- E aos peixes ele falou,
P'ra explicar o que acontecia!.
 
Olhai!... e vê-de bem ó animais!
Que isto são só quadras juninas,
São feitas para os pardais,
E também p'rás andorinhas!
 
O padre veio todo alvoroçado,
Cabelo solto e de batina. 
- namoro!?... só depois de casado!
- Ouvistes bem!!??... Óh menina?

O Santo António já se acabou, 
E o São Pedro "bai-se acabar".
Por isso agora é que eu vou, 
À noite de São João e dançar!  
- Original publicado em Junho/2008


 
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 16/06/2015
Alterado em 04/06/2019
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários