A índole de cada um de nós (BOA OU MÁ) já vem no sangue. O ambiente onde se vive, é a moldura que os homens lhe fazem ao longo do tempo! (Silvino Potêncio)
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
O tempo é ouro!... eu agradeço a todos por o dividirem aqui comigo! (Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


            
Encontro de Escritores (Brasileiros e Portugueses) Residentes em Natal
                                  - Livraria Saraiva - 
De: Silvino Potêncio
 - “Uma  Estrela subiu ao Jardim do Éden!”...
 
Era Abril de 2010 quando nos conhecemos no Primeiro Encontro de Escritores de Língua Portuguesa realizado em Natal, lá no belíssimo Teatro Alberto Maranhão que, pela importância do evento estava quase a rebentar pelas costuras, como soe dizer-se!
Durante o intervalo dos debates entre ilustres artistas da Lingua Lusa,  onde, para além da plêiade de Excelentes Escritores e Poetas Artistas locais, ali estava ela Lucia Helena Pereira!... A “Poetisa Das Flores”
- Na mesma ocasião ali pudemos então conhecer vários outros nomes de verdadeiros artífices da Lingua de Camões como José Eduardo Agua Lusa, João Ubaldo Ribeiro, Ondjaki (Angola), Edivaldo Boaventura (Brasil), José Luís Tavares (Cabo Verde), Daniel Eurícles (Cabo Verde) Suleiman Cassamo (Moçambique), Fernando Pinto do Amaral (Portugal), Inocência Mata (S. Tomé), Luís Cardoso “Takas” (Timor), entre outros, enfim!... foi um encontro memorável que viria a se repetir até aos dias actuais e esperemos que continue.
A Lucia andava por todo o recinto com a sua inseparável máquina fotográfica e,  ao ver-me a conversar com o Dr Rubens (Médico Dentista e Poeta) junto ao então “Sombrero” mais famoso de Natal, na cabeça do Pintor, Artista Plástico, Pedro Grilo, já então meu Amigo de “outros Carnavais”,  ela me puxou pelo braço e me posicionou para nos fotografar naquela que foi a primeira de muitas poses!... ela adorava fotografar e depois publicar nos seus Blogs e mais tarde ela divulgava na sua  Página da Internet.
Fiz a ela a minha rápida apresentação de Emigrante Transmontano em Natal desde o ano de 1979, um simples escrevente anônimo acolhido em Natal por Amigos e logo ela me entrevistou sobre o que eu escrevia, etc, etc, etc...
Quando declinei versos do meu Livro “POEMAS DE ANGOLA” – Eu, O Pensamento, A Rima!... ela me fez prometer que eu o iria publicar algum dia!
Esse e mais alguns outros títulos da minha autoria...
O tempo foi correndo, os anos se passaram e a promessa não cumprida ela continua de pé! - Algum dia, quando Deus quiser,  esses meus livros (São pelo menos uns sete títulos ) que eu vou divulgando através da minha página literária que já vai com mais de 35.000 visitantes à data de hoje...
E, porque todos nós, mesmo os imortais,  todos temos o nosso dia, o dela chegou ontem a 11 de Julho de 2016 justamente 71 anos depois de ter nascido lá no Vale do Ceará Mirim.
Amigos e colegas, Escritores e Poetas, todos a conheceram e apelidaram de “ Poetisa das Flores ” contudo,  eu mesmo preferia chamar-lhe particularmente com todo o merecimento, “Um Lírio no Vale” em alegoria à sua origem aqui pertinho da Cidade do Sol, no Vale de Ceará Mirim... e sobretudo pela adoração que Lucia tinha pelas coisas da França de onde eu tenho tantas lembranças também!, e já desde a minha primeira visita em 1972 quando percorri o Vale Du Loire, onde tive a grande satisfação de conhecer a Casa onde Nasceu Honoré Du Balzac, Autor original do “Um Lírio no Vale”.
Um dos momentos mais calorosos e amigáveis que passamos (eu e a Minha Esposa junto com a Lucia Helena) foi na apresentação ao vivo dos Cantores Portugueses de FADO DE COIMBRA – O FADO AO CENTRO. Evento realizado no Anfiteatro da Escola de Musica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Quando a Lucia Helena queria me apresentar a alguém, ela se referia sempre que ela mesma tinha descoberto em mim um tesouro, pelos poemas que eu escrevia,  mas não revelava e ainda assim continuo.
Quem sabe lá do Alto ela me ilumina os caminhos para lá chegar?
As entradas estavam esgotadíssimas e ela foi reclamar 2 bilhetes  para o Senhor Consul Honorário e ao final do espetáculo a Lucia me empurrou para o Palco ao lado do Dr Luis Alcoforado que por sinal é meu Co Provinciano de Trás Os Montes.
Todos juntos cantamos “Coimbra tem Mais Encanto “ na hora da despedida!... é isto que eu canto aqui agora neste momento da sua despedida...  
Uma coisa é certa, depois que a conheci mesmo sem comentar,  muitas foram as horas em que eu rebusquei no meu Cacifo de memórias muitos dos meus escritos, os de ontem e os de hoje. Com certeza os de amanhã também serão em homenagem a esta Poetisa. Não uma musa inspiradora e sim uma Amiga e Mentora que estendia a sua Doce mão Amiga para incentivar-me a abrir o Baú e... para resumir esta homenagem em uma simples Trova;
 
- Quem parte leva saudades,
Quem fica saudades tem.
Quando eu partir de verdade,
Eu não direi nada a ninguém!...
 
Adeus Amiga Lucia Helena Pereira... até quando Deus quiser.
Silvino Dos Santos Potêncio
Emigrante Transmontano em Natal/Brasil
www.silvinopotencio.net  

Nota do Autor: A minha participação neste e em outros encontros realizados em Natal desde então, muito se deve ao incentivo que a Saudosa Amiga Lucia Helena me deu.  Coloquei aqui esta musica de fundo pois ela adorava escutar Fados de Coimbra e a ultima vez que nos encontrámos foi justamente para escutar o FADO AO CENTRO na Academia de Musica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte... que saudades!  
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 12/07/2016
Alterado em 14/02/2017

Música: Coimbra - Alvaro de Jesus

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Textos da Minha Autoria podem ser EVENTUALMENTE transcritos pelos Leitores, e/ou outros Autores interessados na sua divulgação, desde que observadas as Regras dos Direitos Autorais, incluindo o crédito respectivo! - Os originais desses textos devem ser solicitados por escrito, pelos interessados, diretamente ao Autor via email: sspotencio@yahoo.com.br e com a devida indicação e endereço de email do Remetente - Leitor interessado. Muito Obrigado pela visita e voltem sempre! Silvino Potêncio Emigrante Transmontano em Natal/Brasil