A eternidade de cada texto ou até um livro, é a sequente futura ação do escritor que abriu o cenário com apenas uma letra. (Silvino Potêncio)
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
O tempo é ouro!... eu agradeço a todos por o dividirem aqui comigo! (Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Meus Dias!...



Meus dias!...  
Que sem direcção,
Se deixam guiar p’ra casas sem lar,
Levando adiante o meu caminhar!
Meus dias...
A quem dediquei,
O Meu ser e os meus intentos,
Toda a Minh’alma e proventos,
Sem eles fiquei!.
(in: EU, O PENSAMENTO, A RIMA!...)

 
 
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 27/02/2017
Alterado em 27/02/2017

Música: Il cuore è uno zingaro - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Textos da Minha Autoria podem ser EVENTUALMENTE transcritos pelos Leitores, e/ou outros Autores interessados na sua divulgação, desde que observadas as Regras dos Direitos Autorais, incluindo o crédito respectivo! - Os originais desses textos devem ser solicitados por escrito, pelos interessados, diretamente ao Autor via email: sspotencio@yahoo.com.br e com a devida indicação e endereço de email do Remetente - Leitor interessado. Muito Obrigado pela visita e voltem sempre! Silvino Potêncio Emigrante Transmontano em Natal/Brasil