A índole de cada um de nós (BOA OU MÁ) já vem no sangue. O ambiente onde se vive, é a moldura que os homens lhe fazem ao longo do tempo! (Silvino Potêncio)
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante! (Silvino Potênci
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos




Vladimir Ilyich Ulyanov, mais conhecido pelo pseudônimo Lenin
Tinha por ideologia um simples projeto para a humanidade de então: “Primeiro destruir para depois fazer tudo de novo de forma cíclica indeterminável”...    
 
Em 1913, Lênin escreveu o "Decálogo" que apresentava ações tácticas para a tomada do Poder
 1. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual
2. Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais

4. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

5. Colabore para o esbanjamento do dinheiro público;

 
6. Coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

7. Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8. Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

9. Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10. Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa...

 
+++++++++++
Apesar dos muitos e muitos livros,  já escritos ao longo destes mais de 100 anos, da edição desta Cartilha Comunista, que funciona até hoje... como se fosse uma Bíblia do agora denominado “Socialismo Moderno”, infelizmente vigente em muitos países do Ocidente, a meu ver a grande maioria dos “súbditos” de sua Majestade o Estado de Direito ainda nem sabe da música a metade!  
Além de Lenin vieram até nós - meros mortais - os adoradores de Marx, os Trotskystas, os Bolcheviques, e muitos... muitos outros!... até chegarmos ao “Reinado de Mikhail Gorbachev” que deu o murro na mesa,  e foi autor do disparo contra o Muro de Berlim pelas mãos de umas ideologias novas de nome “perestroyka & glasnost” emancipadas  ad hoc... só que, na prática, o tiro veio só do lado de lá ou seja;os comunistas vieram de lá para cá,  mas os democratas não atravessaram o muro para o lado de lá!... e porquê?
Porque em resumo a teoria do decálogo de Lenin diz... destruir tudo para depois reconstruir a humanidade sem alma, sem sentimentos, sem coração, só números para povoar o campo universal dominado pelo capital e usufruído pelos últimos sobreviventes da  globalizada guerra comercial que aí está.
Não há mais guerra religiosa,  e sim a guerra do petróleo, a guerra das energias alternativas em substituição à energia das águas em extinção!... a guerra dos alimentos genéticamente modificados em substituição aos orgânicos!, a guerra das comunicações cujos guerreiros são invisíveis  vírus a olho nu!, são piratas da vida alheia disfarçados de políticos paladinos pastores do povo que os escolhe e elege para o Altar da Consagração Universal da hipocrisia generalizada.
Por isso repito em sã consciência;  ser educador é «convidar os outros para o verdadeiro significado das coisas» e não para tentar impor as suas próprias ideias como o fizeram todos  os eleitos ao longo dos últimos 100 anos ou mais! E assim será enquanto Deus quisér.   
Silvino Potêncio – Emigrante Transmontano em Natal/Brasil

Agosto/2017
    

 
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 23/08/2017

Música: Mozarts Symphony no 40 - 1st movement - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários