A honestidade do homem público se reflete mais nos actos e muito menos nos factos que, tantas vezes são adulterados pela mão dos que dela se aproveitam.(Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos


Enfim... a música universal está mais pobre um pouco por todo o mundo!  Assim se cumpre a Lei da Morte e não da Vida.  Com certeza ele o Grande Cantor Francês do Século XX foi um dos maiores ídolos da nossa Juventude, quiçás de muitos outros que sonharam ao som da sua voz.
Vai em PAZ Charles Aznavour!... e,  a título póstumo, eu te deixo aqui o meu modesto tributo de lembranças dos tempos da Boémia que conheci em Paris há 58 anos atrás... Mas, Amigos não se despedem,  eles marcam encontro em outro lugar!
 
           (Por hoje te deixo aqui apenas o meu Poema numero 016 dos meus Pensamentos daquele tempo):
Por aqueles que do amor foram escravos! 
 
Por aqueles que do amor foram escravos,
Chorarei uma lágrima sentida,
Marcada com o meu sangue da vida,
Pois em mim tenho presentes  tais agravos...
 
Não sei porquê mas faz mágoa!,
Nem se espera nem se adivinha...
É alimento puro que nos definha,
É sentir o naufragar, sem gota d’água!!!
 
Lampejos de vida que aos poucos,
Se vai acabando em mil sonhos,
Tremendo fico em suores medonhos...
 
Na solidão que nos faz mais loucos!,
  Pelo muito que a alguém desejamos,
  A quem só vemos,  e a tanto AMAMOS!!!... 
(in: POEMAS DE ANGOLA - "Eu, O Pensamento, A Rima"!...)
De: Silvino Dos Santos Potêncio
Emigrante Transmontano em Natal/Brasil 
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 01/10/2018
Alterado em 01/10/2018

Música: Tous Les Visages de L'Amour - Desconhecido

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários