A cultura de um POVO não pode, não deve NUNCA! se submeter a ideologias politicas ou partidárias!pois que inspiração ou intelecto criativo não se compra nem se se vende, é como o amor, já vem do berço! (Silvino Potêncio)
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal
Escrevemos hoje as nossas alegrias para aliviar as dores de um passado já distante!(SilvinoPotêncio)
Textos


A Praia do Marco do Descobrimento do Brasil



Em Abril do Ano 2.000 eu fui convidado a fazer parte da Comissão Nacional para Comemoração dos 500 anos do Brasil e eu aceitei com muita Honra e orgulho por tal distinção que me foi dada pelo Senhor Comissário-Geral Dr Joaquim  Romero Magalhães.
Vem isto a propósito da recente polêmica levantada nas redes sociais sobre qual foi exactamente o primeiro ponto onde os Portugueses cravaram o Marco Padrão dos Descobrimentos no território Brasileiro?!... Em Porto Seguro? Oficialmente sim! --- Mas teóricamente, talvez não! 
Um Marco igual a este foi cravado na Praia do Marco a qual fica ao Norte No Estado do Rio Grande do Norte - distante aproximados 90 kms de Natal.
Para completar a polêmica, recentemente a Secretaria De Turismo do RN resolveu trasladar o referido Marco para a Praia do Forte em Natal com o argumento de que aqui poderia ser visitado por mais Turistas e também os Brasileiros que nunca o viram! 
Pessoalmente eu sou da opinião que o passado é algo irremomível ou modificado e como eu costumo escrever nos meus modestos "escritos": "Renunciar ao Passado, é perdermos um Presente, que Deus nos reserva no Futuro"! 
Silvino Dos Santos Potêncio - Emigrante Transmontano em Natal/Brasil 
 

 
Silvino Potêncio
Enviado por Silvino Potêncio em 16/03/2019
Alterado em 16/03/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários